Páginas

Blog literário criado em 29/08/2008, na cidade de Blumenau-SC.


2 de set de 2008

A iniciação cientifica

As complexidades das vicissitudes que envolvem certas atividades apresentam uma terminologia própria, somente revelada aos iniciados, fato que permite uma identificação restrita ao grupo específico. Assim também acontece com a iniciação cientifica.

Ao iniciar o mestrado fomos apresentados a certas disciplinas que nos levaram a um momento solene de inflexão, cuja imprevisibilidade objetivava trazer a tona, explicitar, uma construção detalhada e rigorosa, para em um processo de confronto permitir a redescoberta não de um novo saber, mas sim permitir um novo desenho, traçando uma linha temporal que alastrando-se por fatores subjacentes nos permitirá ser reconhecidos pelo grupo. Simplificando, é o momento de afastar os curiosos, abrindo as portas do clube somente aos iniciados. Sim, deveríamos passar por um processo de iniciação, um ritual, tal qual as mais primitivas tribos impõem aos seus, cuja finalidade é separar os homens dos meninos. Não uma iniciação com a crueldade desmedida da escarificação total da pele dos homens crocodilos na África, ou a solidão da caça ao tubarão nas Polinésias, ou ainda a desinteligência do solto de plataforma, apenas preso aos calcanhares por frágeis cordas de ratam, feito por tribos da Melanésia, ou quem sabe os segredos que envolvem a iniciação maçônica, mas com certeza exige de cada um de nós a mesma coragem e persistência, exigida em cada uma das situações anteriores. Como nos seria revelado, logo ficamos sabendo que não passaríamos impunes por ela.

Os primeiros impactos já pudemos sentir quando da apresentação de algumas disciplinas, cujas siglas permitem interpretações dúbias. As disciplinas tradicionais foram deixadas, ou melhor, incorporadas por outras mais complexas, em um novo desenho interdisciplinar. TDR I foi entendida, por muitos, como Terror Da Revelação I, que por si só seria um aperitivo para Terror Da Revelação II. Por sua vez, Organização do Espaço se mostrou ao mesmo tempo complexa e reveladora. Porém, quem ficou encarregado da verdadeira iniciação foi Pesquisa Aplicada ao Desenvolvimento Regional I – PADR-I, para alguns simplesmente Perdidos Aleatoriamente Dentro da Revelação I.

Passados os momentos iniciais pudemos constatar que as coisas não eram tão terríveis assim, éramos atores importantes em busca de uma realidade objetiva, estávamos sendo colocados em confronto com a imprevisibilidade, em um processo de grandiloqüência que se alastrava, horas percorrendo o caminho da ortodoxia, horas fugindo para a heterodoxia, dependendo do ponto vista analisado, ou seja, se a nossa leitura era com base nos princípios da verificação do positivismo lógico, ou no principio da falsificação do racionalismo critico ou ainda sob a luzes do paradigma no historicismo. Apesar de todo o nosso esforço empírico para encontrarmos a porta dos fundos da ciência em construção, a inacabada, a dialética não nos deixava, em um processo que envolvia síntese e antítese carregadas de imprevisibilidades, que nos forçava a inúmeras articulações, e até mesmo a negação, dentro de uma escolha narrativa que nos levaria, ou deveria nos levar, dentro de uma linha interpretativa, a uma nova redescoberta. Espero ter tido sucesso na construção de pequeno resumo explicativo e tudo tenha ficado bem esclarecido.

Paulo Roberto Bornhofen
Escritor e Poeta
2005

0 comentários: